fbpx
Empreendedorismo

Negócio Digital: Os 7 Maiores Erros de Empreendedores Iniciantes

By abril 28, 2019 No Comments
negócio digital iniciante 7 erros

Então você se deparou com algo que viu no YouTube ou ouviu falar através de um amigo sobre empreendedorismo online e está considerando abrir seu próprio negócio digital.

Claro, trabalhar de casa sem patrão e fazendo seu próprio horário parece mesmo um sonho.

Além disso, os tempos de crise e desemprego maciço alavancaram o interesse do público em empreendedorismo e marketing digital nos últimos anos.

Repare neste gráfico do Google Trends, nele podemos ver a evolução do interesse sobre o termo de busca “marketing digital” nos últimos 5 anos:

Marketing digital, negócio digital
Popularidade do termo de busca “marketing digital” no Google Trends

Mas nem tudo são flores. Junto com a popularidade, um mar de novos empreendedores apareceram no mercado.

Por conseguinte, muitos destes novos empreendedores têm pouca ou nenhuma bagagem ou experiência.

Além disso, muitos carecem de conhecimento básico sobre marketing digital necessário para abrir e tocar um negócio digital de sucesso.

Com base neste problema, resolvemos esclarecer um pouco sobre os 7 erros mais comuns cometidos por empreendedores digitais iniciantes:

1) Não estudar o básico sobre Marketing Digital

Pois é. Nós já até mencionamos isso na introdução.

É muito difícil tocar um negócio digital de sucesso sem uma boa compreensão do que é marketing digital.

Muitos que se dizem empreendedores digitais pensam que marketing digital se resume a vender infoprodutos online.

Não seja essa pessoa!

O Marketing digital é nada mais do que um ramo do marketing tradicional. Ele apenas introduz as ferramentas digitais nas devidas estratégias de marketing.

Assim sendo, o simples fato de você vender produto digital não te faz necessariamente um empreendedor digital.

Por exemplo, você pode usar exclusivamente as estratégias do marketing tradicional offline pra vender seu infoproduto. Como? Você pode anunciar seu infoproduto em um outdoor de beira de estrada e montar uma estrutura física para fazer vendas por telefone e enviar o produto digital por correios num pen drive.

Sim, parece loucura. E é mesmo! Mas não há nada que te impeça de fazer isso.

Da mesma maneira, se você tem um negócio offline você pode e deve ter uma estratégia de marketing online.

Assim, fica a pergunta:

O que é Marketing Digital?

O marketing digital engloba todas as estratégias de marketing que usam parcial ou exclusivamente ferramentas disponíveis na internet.

Assim sendo, pra entender marketing digital você precisa saber o que é marketing em si.

Marketing é a arte de levar seu produto, serviço ou idéia ao público mais propenso a consumi-los.

Logo, se o seu marketing for feito de maneira ética e correta, ele estará prestando um serviço tanto para quem oferece o produto quanto para quem o consome!

4 Ps do marketing, marketing digital
Os 4 Ps do marketing também se aplicam ao marketing digital

Os 4Ps do Marketing

Os 4 Ps do marketing descritos na figura acima ajudam muito a entender o marketing digital.

Em princípio, a sua estratégia de marketing involve um Produto, que é “o que você oferece”. Este produto pode ser um produto físico ou digital, serviço, uma idéia política, um movimento social, etc.

Em seguida temos o Preço. O preço, como o nome indica, determina “por quanto você oferece o seu produto”.

É no terceiro P que o marketing digital mais se diferencia do marketing tradicional. Aqui, “Praça” indica o lugar onde você oferece o produto e qual a logística de distribuição do mesmo. É neste quesito que o marketing digital mostra a sua força.

Em princípio, no marketing digital a sua “praça” é o mundo inteiro. Graças ao desenvolvimento das ferramentas digitais, toda logística de distribuição do seu produto pode ser organizada online, mesmo para produtos físicos!

Finalmente temos o 4º P, Promoção. E mais uma vez, as estratégias de marketing digital podem realmente fazer a diferença neste quesito. Como você vai divulgar o seu produto? Quem é seu público alvo / avatar e onde ela gasta a maior parte do seu tempo.

Fica claro o poder do marketing online na etapa de promoção. Basta pensarmos nas redes sociais, geração de tráfego de busca orgânica, estratégias de tráfego pago, etc.

Não limite o seu negócio digital

Para concluir, o recado pra levar pra casa neste primeiro erro é o de “não limitar o seu negócio digital”! Empreendedorismo online e marketing digital são muito mais amplos do que simplesmente vender infoprodutos como afiliado.

Expanda os horizontes e diversifique o seu negócio online. Com certeza você só irá aumentar as suas chances de sucesso.

2) Não diferenciar seu negócio digital

A promessa de ser o próprio patrão e começar um negócio com baixo investimento é obviamente promissora.

Por isso milhares de novos empreendedores online surgem no mercado todos os anos. Isso torna todos os nichos de mercado mais saturados e competitivos.

Num mercado competitivo, um dos maiores erros que qualquer empreendedor pode cometer é o de não se diferenciar!

Isso é crucial. Se você estiver fazendo exatamente a mesma coisa que 90% da sua concorrência, não há razão pra você ter qualquer tipo de resultado além do medíocre.

Por exemplo, consideremos um dos ramos mais populares do empreendedorismo digital no momento que é o marketing de afiliados.

Se você espera se destacar usando a mesma “estratégia” de fazer spam com seus links em grupos de Facebook que basicamente todos os seus concorrentes usam, então repense sua abordagem.

A diferenciação é essencial pra te destacar entre seus concorrentes. Ela ajuda o seu futuro cliente a superar aquele ceticismo inicial presente em toda e qualquer decisão de compra.

Onde e como diferenciar seu negócio digital

Inicialmente, para que você possa sequer começar a pensar em diferenciar seu negócio online, você precisa fazer uma ampla pesquisa de mercado e avaliar a concorrência existente.

Se você vai começar um blog, como você poderia se diferenciar através do design do seu blog? Usar o mesmo tema do WordPress que 95% da concorrência usa obviamente não ajuda.

Caso você pense em começar um canal no YouTube, talvez valha a pena investir na qualidade de produção dos seus vídeos, edição, câmeras, etc.

A melhor forma de diferenciação é na sua estratégia de conteúdo. Existe alguma lacuna no conteúdo que você vê oferecido pela concorrência no seu nicho? A diferenciação pode ser feita tanto no conteúdo em si quanto no estilo do conteúdo.

A idéia aqui é estudar a sua concorrência e fazer o que for possível pra se posicionar de forma diferente e não ser “só mais um”.

3) Escolher o nicho errado

Essa é talvez a decisão mais importante que você vai fazer no início da sua carreira de empreendedor digital.

Qual nicho de mercado você vai servir?

Primeiramente vamos definir o que é nicho de mercado. Um nicho é um segmento ou um subgrupo do mercado que você irá servir. Por ser um subgrupo dentro de um mercado, sua comunicação com este dado nicho se torna mais fácil, mais focada e eficiente.

Um erro muito comum dos novos empreendedores online é não “nichar” seu segmento de mercado o suficiente.

Por exemplo, todos sabemos que o mercado de “dieta e perda de peso” é popular e gigantesco.

Entretanto, a melhor forma de atacar este mercado seria procurar um subgrupo dentro deste mercado. Assim você poderá demonstrar autoridade da maneira mais concisa e eficiente.

Ou seja, caso você esteja interessado em servir o mercado da “dieta e perda de peso”, seria interessante “nichar” para o subgrupo de “dieta e perda de peso para mulheres acima dos 50”.

Como diz Seth Godin no livro “This is Marketing“, o ideal quando se escolhe um nicho de mercado é encontrar a Menor Audiência Viável (MAV)!

O que isso quer dizer?

A sua Menor Audiência Viável é a menor audiência que você pode servir e ainda assim ter um negócio lucrativo.

A vantagem de investir em encontrar a sua MAV é fugir da concorrência e ter um maior engajamento e influência na sua comunicação com seu nicho.

4) Falta de foco na sua estratégia social

Não, você não precisa estar em todas as redes sociais que existem. Um erro básico que até mesmo empreendedores digitais mais experientes cometem é querer estar em todas as plataformas sociais possíveis. O que acaba resultando em uma presença medíocre em todas elas.

Cometer esse erro pode ser especialmente fatal no início da sua carreira.

A razão disso é que a idéia de que seu negócio irá explodir em todas as redes sociais simultaneamente não é realista.

É melhor concentrar-se em uma ou duas redes sociais e realmente desenvolver bem a sua presença nessas plataformas.

Em qual rede social devo investir a maior parte do meu tempo?

Combine possibilidade de monetização, popularidade da rede social no seu nicho e o seu gosto pessoal para definir qual rede social você concentrará seus esforços.

Por exemplo, se você está no nicho de maternidade e bebê, talvez seja uma boa investir seu tempo no Pinterest e YouTube. Neste caso, talvez o Twitter ou LinkedIn não sejam as alternativas com o melhor retorno em investimento.

Além disso, dê preferência à rede social que você tem maior afinidade e familiaridade. Essa dica te ajudará na hora de manter a consistência, que é essencial quando você está começando em uma rede social.

5) Não investir o mínimo no seu negócio digital

Junto com a popularidade crescente do empreendedorismo online vem também um mar de pessoas achando que vão “ganhar dinheiro fácil”.

Essas pessoas geralmente buscam pelos seguintes termos:

  • “Como fazer um site gratuito”
  • “Como montar um negócio sem investir”
  • “Como ganhar dinheiro na internet sem site”
  • “Como vender na internet sem site”

Ou seja, a idéia geral que muitas pessoas têm é a de que vão ganhar dinheiro online sem nenhum tipo de investimento e com pouco trabalho.

Sim, você pode vender aqui e ali na internet sem site, sem investir um centavo e sair do zero. Mas isso não faz de ninguém um “empreendedor digital”! Isso sequer pode ser chamado de um negócio e sim um “bico digital”.

Todo negócio, on ou offline, requer algum investimento inicial.

Claro, a imensa vantagem dos negócios digitais é que realisticamente a quantidade de dinheiro despejado em investimento inicial é muito menor do que em negócios tradicionais.

Mas algum investimento ainda é necessário.

Cabe ao empreendedor digital discernir o que é essencial para iniciar sua carreira e o que é supérfluo.

Investimento básico no seu negócio digital

Pra ter uma idéia de referência, aqui vão algumas coisas que consideramos essenciais pra quem quer construir um negócio que seja sustentável e dê retorno no médio e longo prazo:

  • Computador: claro que dá pra ganhar algum dinheiro online mesmo sem computador. Mas se você quiser ser competitivo, um computador com acesso a internet é o mínimo que você precisa pra começar online.
  • Custos com seu Website/Blog (Domínio e Hosting): esqueça os gurus e seus clickbaits toscos “ganhe dinheiro online sem site”! Você precisa de um “teto” online. Ficar fazer Spam em grupo de facebook é algo que qualquer um pode fazer.
  • Um Smartphone. Não precisa ser o mais novo iPhone ou Galaxy, mas você precisa de um Smartphone pra potencializar suas estratégias sociais, etc.

Pois bem, isso é o básico do básico.

Além desses, nós também recomendamos comprar um tema profissional para o seu site/blog no WordPress (veja como fazer um Blog do zero aqui). Este gasto não entrou na nossa lista de gasto essencial, mas um tema profissional te destacará da concorrência e te ajudará a melhor exercer sua influência online.

6) Gastar dinheiro desnecessário em ferramentas e cursos

Este erro é o outro lado da moeda se comparado ao erro número 5).

Alguns empreendedores iniciantes acham que precisam comprar todas as ferramentas e serviços para negócios digitais. Acham que precisam investir em todos os cursos pra possíveis e existentes.

Ao final, o que acaba acontecendo é que muitos empreendedores iniciantes acabam queimando seus recursos pessoais de forma impulsiva. E quando o retorno não vem de forma rápida a frustração é maior e a chance de abandonar o barco e desistir dos seus objetivos acaba sendo maior.

Nós não estamos dizendo que é errado investir em um curso online!

Porém, em alguns casos, é mais interessante se dar a oportunidade de aprender na prática, já metendo a mão na massa.

Outros gastos como serviço de email marketing e coisas do gênero, você pode incorporar quando seu negócio estiver gerando algum capital de giro.

7) Falta de paciência e consistência

Por último, mas não menos importante, nós temos que falar sobre a falta de consistência.

Primeiro vamos ao choque de realidade:

Você não enriquecerá da noite pro dia!

O sucesso online vem do trabalho consistente, entra dia, sai dia. No começo você estará cercado de dúvidas e até mesmo de frustrações porque a falta de resultado rápido fará seu trabalho duro parecer inútil.

Mas é justamente durante essa fase que a consistência é mais importante. Mantenha seu ritmo. Pense em uma maratona e não em uma corrida tipo 100 m livre.

Uma dica pra você não perder a motivação e manter a consistência mesmo em tempos difíceis, é você pensar no seu “porquê”! Porque você quer sucesso no empreendedorismo digital?

No livro “comece pelo porquê”, Simon Sinek, discute sobre a importância de ter uma imagem bem sólida do que está por trás da sua investida num dado projeto, carreira, negócio.

Ter o seu “porquê” bem definido e bem alinhado com o que você faz vai te ajudar a manter a disciplina e consistência necessárias pra tocar um negócio digital de sucesso.

Estes são os 7 erros mais comuns que nós identificamos em novos empreendedores.

Você se identificou em algum destes erros? O que mais você sugeriria pra entrar na nossa lista?

Deixe seu comentário abaixo.

Leave a Reply